banner
ajuda.a.ajudar
A APCRSI decidiu apoiar duas causas solidárias colocando à disposição de toda a Comunidade Educativa, e apelando à sua participação, uma forma de recolha de tampinhas.

A partir desta semana poder-se-á encontrar uma caixa no bar do Colégio, cujo objectivo é servir de depósito para tampinhas que são diariamente inutilizadas pelas nossas crianças e que a partir de agora poderão ser ali inseridas após beberem o seu iogurte, sumo ou água. Não obstante deste ato dos alunos, também ele de cidadania preservando o ambiente, conjuntamente a mesma serve para toda a comunidade da nossa casa depositar no seu interior, ou na impossibilidade, junto dela, as tampas que forem juntando em casa, por exemplo enchendo garrafões que após cheios e ali colocados a APCRSI encarregar-se-á de lhes dar o devido encaminhamento.

Esta iniciativa por parte da APRCSI, visa não só manifestar a nossa solidariedade com quem mais precisa, “ajuda a ajudar”, mas tem também como objectivo, servir simultaneamente para a contribuição e preservação do nosso meio ambiente através da separação dos resíduos.

Ana Vilaranda, X.2013
Kiss and Go
Reflita e aja! É urgente!

Cidadania é consistência articulada nas ações práticas do dia-a-dia quando, dentro do espaço em que vivemos, exercemos os nossos direitos e deveres civis, políticos e sociais.

Exercer cidadania começa por lutar por esses direitos e fixar, desse logo, objetivos na educação dos nossos filhos tendo em conta a sua preparação para uma ação quotidiana que vise o bem-estar e o desenvolvimento social de todos.

As crianças devem perceber que pequenos gestos incorporados na rotina, servem para melhorar a convivência social e promover de uma forma harmoniosa a educação entre os que com eles convivem. Noutro quadrante, os pais deverão ter consciência que os adolescentes interpretam as suas ações e que, por isso, nas suas posturas os seus filhos encontram o modelo para o amanhã.

Com este enquadramento e porque a educação não tem idade, a apcrsi lança a iniciativa, Kiss & Go, com o objetivo de alertar e reeducar consciências!!

Porque estacionamos o carro durante um tempo muito superior ao razoável para deixarmos ou levarmos os nossos filhos? Porque estacionamos o carro na rampa do colégio? Porque é que ao volante, nós, mais velhos, manifestamos comportamentos egoístas? Que entendimento dita o desrespeito das regras, pondo a segurança e o humor em causa?

A educação no trânsito, não tem idade! Kiss & Go é uma iniciativa da apcrsi.

Carla Gomes e Gonçalo Cunha, X.2013
Europeus de hoje, construtores do amanhã (II)



"Há uns 50 anos, no primeiro ‘Curso de Cristandade’ que houve em Vila Pery, talvez mesmo em Moçambique, o Reitor (espanhol) encomendou-me a Fé dos intelectuais.
Durante anos, por não ser capaz de o escrever ou por falta de tempo e de inspiração, as conclusões foram adiadas. Afinal tudo se reduziu a meia dúzia de linhas: A Fé dos intelectuais é simplesmente a esperança de dilucidar o divino sem conceder o que quer que seja ao sobrenatural. O natural é suficientemente prodigioso para qualquer pessoa."

Assim é! Sem se preocuparem connosco e sem saberem porque existem, juntam-se átomos errantes em quantidade incalculável e, numa combinação única e irrepetível, criam-nos através de uma dança prodigiosa e misteriosamente coordenada. Durante muitos anos (esperemos), estas partículas irão trabalhar em articulados esforços e sem qualquer queixume, para que possamos desfrutar da experiência soberbamente agradável e seguramente subestimada, a que chamamos vida.
Aqui está algo natural e prodigioso que não sabemos definir. Cremos nós, que os ditos átomos farão o seu melhor, durante o máximo de tempo possível!

É esta a metáfora a que CPJ se refere no início deste texto e é esta crença baseada em incertezas e ausência de evidências, este caminho a que chamamos Fé, que vamos comemorar no próximo dia 09 de Novembro. Será um dia de alegria para a Congregação de S. José de Cluny e também o momento para encerrarmos o 'Ano da fé'. Chegamos ao fim das comemorações, mas não deste caminho, porque a Fé é em si mesmo o caminho. É confiar em algo ou alguém diferente de nós, é uma certeza do que esperamos e “a prova do que não vemos”, é um caminho de conversão e de reorientação do ‘nosso mundo’, que culmina com a mudança do mundo.

Dia 09, vamos comemorar a Fé, este dom que devemos partilhar pela simples razão de que “não somos o princípio e o fim do mundo… que há uma realidade e um Ser para além da ‘evidência’." antes, devemos saber aproveitar diariamente os segundos mágicos de uma opção que Ele faculta, para sabermos escolher entre o ‘sermos ou não felizes’.

Eng. Carlos Pedro de Jesus e Paulo Simões Lopes, X.2013

A Associação de Pais do Colégio da Rainha Santa Isabel tem por finalidade promover o diálogo permanente entre os Pais e o Colégio com vista a uma maior conjugação de esforços no campo educacional.
Site desenvolvido pela APCRSI, otimizado para Mozilla Firefox e Google Chrome